Saiba quais são as telenovelas mais exportadas

06 de Junho de 2020 by Milton Figueiredo
+ Exportadas Mais vistas
Saiba quais são as telenovelas mais exportadas

Não foi fácil chegar a esses números. Alguns sites apresentam os números de países diferente.

Procurei levar em consideração o maior número de sites brasileiros e estrangeiros que tinham as mesmas informações.

Entretanto, é possível que haja margem de erro para mais ou para menos (e isso não é uma pesquisa do Ibope) na quantidade de países em que as telenovelas foram transmitidas.

O gênero foi criado no Brasil, em 1951, sendo “Sua Vida Me Pertence” a primeira telenovela do mundo pela TV Tupi. Em 2021, chegaremos aos 70 anos da Telenovela no mundo.

Veja, então, num ranking de 40 posições até o dia dessa postagem (06 de junho de 020), quais foram as telenovelas mais vistas em todo o mundo sem considerar o número de reexibições.

 

40º Café com Aroma de Mulher (Colômbia – 1994): 48 países

 

39º O Direito de Nascer (México - 1981): 50 países

 

39º Rubi (México - 2004): 50 países

 

38º Lado a Lado (Brasil – 2012/2013): 54 países

 

37º O Rei do Gado (Brasil – 1996/1997) 55 países

 

36º Rebelde (México – 2004/2006): 65 países

 

35º Ouro Verde (Portugal – 2017): 60 países

 

35º Sinhá Moça (Brasil - 1986): 60 países

 

34º Anjo Mau (Brasil – 1997/1998): 67 países

 

33º El Clon (Estados Unidos – 2010): 68 países

 

33º Insensato Coração (2011): 68 países

 

32º Mulheres de Areia (Brasil - 1993): 69 países

 

31º Amor Real (México – 2003): 72 países

 

31º Pecados Ajenos (Estados Unidos – 2007/2008): 72 países

 

30º Por Amor (Brasil – 1997/1998): 74 países

 

29º El rostro de Analía (Estados Unidos – 2008/2009): 76 países

 

28º Muñeca Brava (Argentina – 1998/1999): 77 países

 

28º Laços de Família (Brasil – 2000/2001): 77 países

 

27º A Escrava Isaura (Brasil – 2004/2005): 79 países

 


26º Más sabe el diablo (Estados Unidos – 2009/2010): 82 países

 

25º ¿Dónde está Elisa? (Estados Unidos – 2010): 90 países

 

24º Prisionera (Estados Unidos – 2004): 93 países

 

23º Tierra de Pasiones (Estados Unidos – 2006): 95 países

 

23º Terra Nostra (Brasil – 1999/2000): 95 países

 

22º Zorro: a espada e a rosa (Colômbia e Estados Unidos – 2007): 97 países

 

21º Pasión de Gavilanes / ‘Paixões Ardentes’ no Brasil (Colômbia e Estados Unidos – 2003/2004): 100 países

 

21º Esmeralda (México - 1997): 100 países

 

20° O Clone (Brasil – 2001/2002): 101 países

 

19º Escrava Isaura (Brasil – 1976/1997): 104 países

 

18º Topazio / ‘Topázio’ no Brasil (Venezuela – 1985): 109 países

 

17º Bella Calamidades (Colômbia e Estados Unidos – 2010): 110 países

 

17º Da Cor do Pecado (Brasil – 2004): 110 países 

 

16° A Vida da Gente (Brasil – 2011/2012): 113 países

 

15º Marina (Estados Unidos – 2006/2007): 114 países

 

14º Cara Sucia / ‘Sombras do Passado’ no brasil (Venezuela – 1992): 115 países

 

13º Mi Gorda Bella (Venezuela -  2002/2003): 117 países

 

12º Sin senos no hay paraíso (Estados Unidos – 2008/2009): 118 países

 

12º Caminho das Índias (Brasil - 2009): 118 países

 

11º Doña Bárbara (Estados Unidos – 2008/2009): 120 países

 

11º A Mentira (México – 1998): 120 países


10º Gata Selvagem (Venezuela e Estados Unidos – 2002/2003): 130 países

 

9º Rosalinda (México – 2009): 135 países

8º La Reina del Sur (Estados Unidos - 2011): 140 países

 

7º Viviana, Em Busca do Amor (México - 1978): 159 países

 

6º Avenida Brasil (Brasil – 2012): 160 países

 

6º Coração Selvagem (México - 1993): 160 países

 

5º Cuna de Lobos / ‘Ambição’ no Brasil (México – 1986/1987): 167 países

 

4º Marimar (México - 1994): 175 países

 

3º A Usurpadora (México – 1998): 180 países

 

3º Kassandra (Venezuela – 1992/1993): 180 países

 

3º Betty, a feia (Colômbia – 1999/2001): 180 países

 

3º Maria Mercedes (México - 1992): 180 países

 

2º Os Ricos Também Choram (México - 1979): 181 países

 

 

1º Maria do Bairro (México - 1995): 182 países